O horror, o horror

A artista  Luiza Baldan flagrou este cartaz da Piraquê com todas as novas embalagens dos biscoitos reunidas. Não fique culpado se você não reconheceu, é difícil mesmo:  o terceiro da esquerda para direita é o Queijinho, vulgo Bolinha. E o seguinte é o Presuntinho. Ou o que restou dele.  Leia aqui para entender porque isso é uma catástrofe.

O cartaz também é uma peça gráfica tenebrosa, não acham?

3 thoughts on “O horror, o horror

    1. Pois é. Logo que começou esta história, pintou um comentário aqui no blog que resume tudo. A gente cresceu e sabe que o biscoito não é lá estas coisas… Comprava Piraquê por causa da embalagem… Bom, eu não compro mais. bjks

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s