Helvetica

Eis um filmete muito bacana e engraçado que roubei do Update or Die e foi postado por Romolo Megda.  É uma defesa da Helvetica, a fonte, usando como estratégia o ataque à sua principal concorrente, a Arial.  Criada nos anos 1980 como Sonora e parte do pacote de lançamento do Windows 3.1 pela Microsoft, a Arial recebeu esta segunda alcunha na década seguinte e é considerada uma cópia grosseira e marcial da Helvetica, tipologia que dá corpo a marcas como Panasonic, Parmalat, 3M e  American Air Lines.

Inventada em 1957 por  Max Miedinger, a Helvetica primeiro teve sotaque alemão e chamou-se Neue Haas Groteske . Três anos depois, foi rebatizada com o nome da Suíça em latim.

É objetiva, clara, direta, mas tem pequenas delicadezas, como a insinuação de serifas na “voltinha” do G maiúsculo e na “perna” do R maíusculo – esta última comentada pelo narrador muuuito nerd do filme. A Arial, esta letrinha tão sem graça, nunca chegou lá.

Por que estou falando tudo isso? Porque descobri que não tenho mais Helvetica no meu Word, eis o mistério da fé. Declaro meu amor enquanto faço o download.

2 thoughts on “Helvetica

  1. Nesse documentário, que é interessantíssimo, há uma entrevista do designer que desenhou a Arial para a Microsoft e também fala sobre o que aconteceu com a tipografia na era dos computadores. A Arial foi desenhada pois a licença para usar Helvetica era muito cara, então a Microsoft preferiu mandar fazer uma letra parecida.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s