Fernando Chacel (1931-2011)

Mirante do Leblon: projeto de Chacel e recanto que os próprios cariocas desconhecem

Na confusão do carnaval só soube hoje que morreu domingo e foi enterrado na segunda-feira o paisagista e arquiteto Fernando Chacel. Discípulo de Burle Marx, de quem se tornou estagiário ainda garoto, Chacel criou projetos como o do Mirante do Leblon e o do Parque Gleba E, hoje Península, na Barra da Tijuca.

Seu último trabalho de vulto também foi na Barra: o desenho paisagístico para a Cidade da Música, prédio assinado pelo arquiteto francês Christian de Portzamparc. Inaugurada oficialmente no apagar das luzes da gestão Cesar Maia, em 2008, a sala de concertos nunca foi, de fato, concluída. Há cerca de dois anos, na única vez em que estive nesta nova ruína da cidade, os lagos e jardins de Chacel haviam se transformado em focos de dengue.

Vista aérea da Cidade da Música, com desenho paisagístico de Chacel

A megalomania e os desvios financeiros da gestão Cesar Maia e a inoperância de Eduardo Paes para concluir o prédio – não custa lembrar que o prefeito acaba de entrar em seu terceiro ano de mandato – fizeram com que o paisagista morresse sem ver a obra pronta.

Portzamparc, outro grande profissional, também amarga um afastamento da cidade e responde a inquérito por questões que não têm absolutamente nada a ver com arquitetura.

Pois é.

+++

O site Vitruvius publicou em 2004 uma interessante entrevista com Chacel, na qual ele repassava parte de sua trajetória a limpo. Leia aqui.

 

2 thoughts on “Fernando Chacel (1931-2011)

  1. Sou uma profunda admiradora da obra de Fernando Chacel, a quem escolhi para ser o tema de minha dissertação de mestrado, defendida na UFRJ em 2006. Lamento que sua partida tenha sido assim tão precoce, ele iria completar 80 no mês que vem… Mas fico feliz por te-lo conhecido, ainda que pouco, ou menos do que eu gostaria. Sua obra nos deixou um importante legado, cabe a nós dar continuidade à sua filosofia de vida e trabalho.

    Gostar

  2. Nossa! só soube agora. Lembro muito bem, ainda na faculdade, qdo fiz a simulação do meu primeiro projeto paisagistico a partir do projeto arquitetônico de um conjunto habitacional de Recife, feito por ele. Foi uma experiência impar, pois era um projeto para satisfazer os interesses populares. O Projeto foi feito, todo ele, com plantas frutíferas. E fiquei muito feliz com as considerações q fez. Bom lembrar desse período da vida, q já se foi …..

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s