MET de NY aposta nos contemporâneos

Sheena Wagstaff: curadora da Tate Modern agora também em NY

O Metropolitan Museum de Nova York dá um claro sinal de que a arte contemporânea é uma de suas maiores apostas em 2012. Sheena Wagstaff, curadora-geral da Tate Modern desde 2001, acaba de ser contratada para repensar o departamento de arte dos séculos 20 e 21 do museu norte-americano. Em Londres, ela foi responsável por grandes exposições realizadas pela Tate nos últimos anos: Eva Hesse, Barnett Newman, Edward Hopper e Jeff Wall, entre outros.

Esta não é a única mudança feita pelo diretor do MET, Thomas Campbell. Contrariando o organograma criado por seu antecessor,  Philippe de Montebello, que jogou a arte moderna e a arte contemporânea no mesmo departamento de pintura do século 19, Campbell atribuiu novas divisões e responsabilidades. Os acervos de impressionistas e pós-impressionistas franceses, por exemplo, não serão mais pensados pelos mesmos curadores que lidam com artistas como Jasper Johns  e Roy Liechtenstein.

+++

Decisão sábia, a meu ver. Especialização em excesso emburrece, mas lidar com tudo é o mesmo que lidar com nada. Um pouco de foco é sempre bom.

+++

(A partir do The New York Times)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s