Amanhã

É dia de Rafael Alonso na Cosmocopa, em exposição com texto de Fernanda Lopes. Para quem ainda não viu, a individual de Alonso no recém-inaugurado bloco de exposições do Paço é visita obrigatória. Trata-se de uma mostra com concisão absoluta – apenas uma grande tela -, mas também com um grau de impacto proporcional à sua economia e elegância. Tablet, op art, Bridget Riley, a janela da pintura – pensamos em tudo ao mesmo tempo agora enquanto somos sequestrados na vertigem de suas cores.

Vá.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s