Muito prazer

Coçar o pé. Pedalar. Gato.  Melancia. Ventinho no rosto. Ventinho na janela. Ventinho no varal. Ventinho, enfim.

Em dias mais difíceis, aqueles em que o urgente não deixa tempo para o importante, é sempre bom lembrar algumas delícias. The pleasure of, de Vitùc, cineasta e poeta de Luxemburgo, mostra que a vida pode ser maior do que a rotina.

Bom dia.

+++

E, antes de ir:

Este vídeo lembra um pouco a lista de pequenos prazeres de  Amélie Poulin no filme de Jean Pierre-Jeunet. Reveja aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s