Galerias virtuais no Instagram

 

Foto de André Galhardo de uma das esculturas de Antony Gormley (#GormleynoRio)

Uma caravana fotográfica da rede Instagram no Rio de Janeiro vai registrar amanhã, a partir das 10h, o último dia das exposições de Antony Gormley, no CCBB, e de Angelo Venosa, no MAM, além de visitar as mostras de Suzana Queiroga e Waltercio Caldas na Casa França-Brasil. Organizado pelo perfil @igersrio, o tour começa no CCBB, segue para a França-Brasil, percorre os lugares onde há esculturas de Gormley no alto dos prédios do Centro e chega ao MAM, para a despedida da exposição panorâmica de Venosa.

Galerias virtuais na rede social Instagram vêm catalogando as exposições, os ateliês e alguns dos principais trabalhos de artistas brasileiros.  As hashtags (marcações criadas com o símbolo #, que criam grupos de imagens no aplicativo) têm sido a ferramenta usada para reunir as imagens. O movimento de marcar as fotos é espontâneo, mas vem sendo organizado pelo @igersrio, com colaboração do publicitário e criador André Galhardo, desta que vos fala e também com a participação decisiva dos próprios artistas.

As galerias de Venosa (#angelovenosa #mamrj),  Queiroga (#suzanaqueiroga #ograndeazul) e Raul Mourão (#raulmourao_toquedevagar) têm contado com os artistas ajudando a formar o catálogo, postando seu olhar sobre o próprio trabalho ao lado das imagens de visitantes das exposições, sejam eles ou não pessoas ligadas ao mundo das artes.

As mostras de Ernesto Neto na Leopoldina (#ernestoneto) e os ateliês da fãbrica Bhering (#bhering) começam a ter suas galerias alimentadas, assim como a mostra de Brigida Baltar (#brigidabaltar) nas Cavalariças do Parque Lage. Em São Paulo, a exposição de Adriana Varejão no MAM-SP (#adrianavarejao #mamsp) tem contado com fotos da pintora e também da própria equipe do museu, cujo perfil no Instagram é bastante ativo.

Catalogar é gerar memória e estimular o público a fotografar a obra, rompendo com pudores e transgredindo supostas hierarquias.  É ainda encontrar formas radiais e orgânicas de formação do olhar e de difusão.

Veja abaixo outras imagens das galerias do Instagram:

Este slideshow necessita de JavaScript.

+++

Escrevi um texto sobre a exposição de Angelo Venosa no MAM, que termina amanhã. Se quiser ler ou imprimir, clique aqui.

One thought on “Galerias virtuais no Instagram

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s