Pobre Avant Garde

avant_garde_196911_n9

A Avant Garde certamente poderia concorrer ao título de família tipográfica mais atacada pelo mau design mundão afora. Criada no fim dos anos 1960, popular a partir da década seguinte, ela foi letrinha fácil em capas de disco e de livro até os 80. Mas até hoje recebe chibatadas no tronco das identidades visuais equivocadas.  Ao clicar aqui, você pode ler, em inglês, um interessante artigo do designer Steven Heller sobre o assunto.

One thought on “Pobre Avant Garde

  1. A Avant Garde tem tudo a ver com a revista para qual ela foi criada. Não significa que vai ter a ver com qualquer coisa que tentarem usar com ela depois. O argumento não será o mesmo.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s